Gostou? Compartilhe !!!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Ele


Ele caminha sem o medo. Ele vaga pelas trevas onde esculta trombetas e choros de crianças abraçadas pelo fim da criação, por entre olhos fechados é límpido e prazeroso ouvir o dedilhado dos instrumentos por traz daquela velha e torpe cortina vermelha.
Ele existe e procura assim como eu não existir em lugar de flores algum há não ser o nunca!
Por entre montanhas ele caminha, por entre arvores ele sorri e deseja a pele da mais bela donzela junto a seu peito já esfaqueado pelo destino improvável...
Ele caminha em direção a seu enterro, o enterro das prováveis matérias onde os lobos dormem e choram por um canto de verdade ao lado da doce lua. Ele já chorou também e não se incomoda de sofrer mais um pouco para ver o futuro daqueles que o abominaram e o transformaram em uma criatura sem razão. Ele é um santo e quer seu testemunho! Ele é um deus e quer sentir o cheiro da tua rosa! Ele é um santo e dança ao som das flautas imaculadas da morte.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...