Gostou? Compartilhe !!!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Em busca de uma fuga.


Sozinho neste imenso e podre corredor obscuro vejo as manchas de sangue unir-se ao sujo lodo espalhado nas paredes, gostaria de saber onde estou se não afogado nas mágoas dos meus pensamentos mórbidos.
Cada toque de energia se torna negativo a cada passo caminhado para a beira de um abismo infinito. Gostaria de poder tocar as estrelas, e assim me destruir junto ao espaço.
Mas vejo tudo que já não é mais possível em minha existência. Talvez esteja condenado a vagar como este insóbrio lobo deprimido sempre a chorar nas profundezas da noite.
São estas malditas passagens que me aprisionam; Malditas estas que a cada lagrima minha se fortacem contra meus passos. Um dia sairei desta forma viril e voarei por cima desta atormentante prisão! Voarei para o por do sol e me aquecerei até que jamais lembre do tamanho frio que passei.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...