Gostou? Compartilhe !!!

terça-feira, 1 de maio de 2012

Daria um título se tivesse sentido prazer em escrever isto. A intensão é que chegue onde deve e isso é o que importa.

Hoje acordei morto. Morto dentro de pensamentos que sempre me acompanharam ao desgosto para com os humanos.
Sempre volto a dizer que humanos são sempre interessantes, mas nunca os coloco em prova de perfeições.
triste e com os olhos fechados sinto, penso e lamento a perda de um ou mais caminhos que busquei talvez sem necessidades. 
Rejeitado pelos vivos e jamais visto pelos mortos, ainda não sei quem sou ou onde poderei deixar de vagar e esquecer que um dia daria meu sangue, ou até mesmo me desintegraria em choros de uma aurora pálida um dia renascida.
Encantos me levam ao fim... Me desapegam ao doce olhar existente daquela sombra que rodeei nas frias noites transmitidas a mim que ao mesmo estive a procura de um abraço anti-fraternal e doloroso para aqueles que jamais souberam o que foi prazer um dia. Ódio não mais existirá quando minhas lágrimas congelarem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...